Carregando Eventos
Ta rolando
Conceição Evaristo é a homenageada da 34ª Ocupação do Itaú Cultural

Conceição Evaristo é a homenageada da 34ª Ocupação do Itaú Cultural

A vida, obras, influências e referências de Conceição Evaristo podem ser conferidas no Itaú Cultural


11/05/2017 - Melissa Aguilar

  • Este evento já passou.

O Itaú Cultural realiza entre os dias 4 e 18 de maio a sua 34ª edição da série Ocupação. Desta vez, a  homenageada é uma das maiores literárias brasileiras contemporâneas e escritora mineira Conceição Evaristo.

A mostra reúne diversos objetos pessoais, manuscritos, fotos, correspondências, e conteúdos audiovisuais e acessíveis para pessoas com deficiência, sobre uma das vozes mais importantes da literatura nacional.

A história da escritora mineira é construída como representação da literatura contemporânea, cujos principais temas abordados por ela são centrados nas questões da mulher negra.

A Ocupação Conceição Evaristo revela ao visitante a origem do domínio da escritora sobre as palavras, as ideias e os sentimentos desencadeados, por ela e o percurso corrido até se tornar escritora reconhecida na atualidade.

Ela dá sequência à de Laura Cardoso, que abriu a série de ocupações, neste ano dedicada a mulheres. Depois da atriz e da escritora, a próxima será a curadora de artes visuais Aracy Amaral, seguida da psiquiatra Nise da Silveira e da cantora Inezita Barroso.

Quem é Conceição Evaristo?

Nascida em 1946, em Belo Horizonte, Conceição compõe a sua obra com base no que chama de “escrevivência” ou a escrita que nasce do cotidiano e das experiências vividas.

Em seus romances, contos e poemas, a autora explora sobretudo o universo – a realidade, a complexidade, a humanidade – da mulher negra.

Apesar de escrever desde a juventude, Conceição só se tornou um nome reconhecido no meio literário recentemente.

Exemplo disso é o romance Becos da Memória, que a autora produziu a partir de situações vividas e observadas na extinta favela do Pindura Saia, na capital mineira, onde passou a infância e a adolescência.

Concluída no final dos anos 1980, a obra foi publicada apenas em 2006, após o lançamento do livro de estreia da artista, Ponciá Vicêncio, o seu primeiro romance publicado em 2003.

São dela, as obras reconhecidas como, Poemas da Recordação e Outros Movimentos, lançado dois anos depois de Becos da Memória, Também os livros de contos Insubmissas Lágrimas de Mulheres, de 2011, Olhos D´Água, de 2014, e Histórias de Leves Enganos e Parecenças, do ano passado. No dia da abertura da mostra, a própria Conceição faz a leitura de Olhos D’Agua.

Serviço
Ocupação Conceição Evaristo
4 de maio a domingo 18 de junho de 2017
terça a sexta 9h às 20h [permanência até as 20h30]
sábado, domingo e feriado 11h às 20h
Itaú Cultural – Piso Térreo – Av. Paulista, 149 – Bela Vista, São Paulo – SP, 01311-000
Entrada gratuita

 

 

Detalhes

Início:
11 maio 2017 @ 08:00
Final:
18 junho 2017 @ 17:00