Se liga Conheça o som de “Concha”, que busca quebrar imposições sociais

Conheça o som de “Concha”, que busca quebrar imposições sociais

Concha promete fazer de 2017, o ano para mergulhar cada vez mais fundo e mostrar que sua pérola está mais que lapidada


12/06/2017 - Lucas Hensou

Formada na passagem de 2012 para 2013, a Concha, que já foi conhecida por outro nome, na época, ‘White Conch’, que significa caramujo branco. É daí que vem a missão do grupo: deixar um legado na história da música.

“Quando o caramujo morre, o corpo dele se desintegra na natureza e sua concha permanece. É isso o que queremos com nossa música, que ela permaneça viva na memória de quem fica”, ressalta Victor, o vocalista.

Formada por Victor (guitarra e vocal), Bruno (baixo) e Arthur (guitarra), o trio possui uma bagagem musical com dois EPs, sendo eles ‘Divisor’, lançado em fevereiro de 2014 e ‘Conchativa’, lançado em dezembro de 2014. Preparados para fazer de 2017 o seu ano, lançam seu primeiro CD com 11 faixas, o intitulado ‘Camaleão’.

Com um estilo que preferem não rotular, já que em cada música trazem uma referência diferente, Concha passeia pelo samba, MPB, rock e reggae. “Onde encosta, se adapta, como um camaleão”, é como dizem. Exatamente assim que descrevem o CD lançado há pouco tempo, o ‘Camaleão’.

Cheia de autenticidade e personalidade forte, não é difícil encontrar seus integrantes usando maquiagem, pinturas faciais e até saias. Concha busca sempre quebrar imposições sociais.

No mesmo segmento, o último lançamento da banda foi com o clipe da faixa ‘Mãe’, que discute a dificuldade que muitas mulheres enfrentam ao terem de cuidar sozinhas de seus filhos.

Pronta para crescer cada vez mais, a Concha promete fazer de 2017, o ano para mergulhar cada vez mais fundo e mostrar que sua pérola está mais que lapidada.