Se liga Cartazes de cinema são protagonistas no livro do designer Marcelo Pallotta

Cartazes de cinema são protagonistas no livro do designer Marcelo Pallotta

No livro "Cartazes", Pallotta costura histórias e imagens do cinema brasileiro


05/08/2017 - Lucas Hensou

Imagina ter um livro dedicado aos cartazes de cinema, como dos filmes “Cidade de Deus”, “Diários de motocicleta”, “Trinta” e “À deriva” ? E se você é da área do cinema, pode ter ainda um cartaz feito pelo designer gráfico Marcelo Pallotta, que assina os pôsteres desses filmes aqui citados.

No livro Cartazes, Pallotta costura histórias e imagens com cartazes de cinema de obras nacionais. O prefácio é assinado por Fernando Meirelles e Anna Muylaert.

Estão na obra mais de 15 anos de trabalho de Pallotta. Como estudos para a composição final dos cartazes e comentários dos diretores de cinema sobre seu trabalho. A pré-venda está disponível em:https://partio.com.br/projeto/cartazes-de-cinema . até 07 de Agosto.

Os cartazes de cinema assinados por Marcelo Pallota

Marcelo é autor dos cartazes de alguns dos mais importantes filmes nacionais como Cidade de Deus, Carandiru, O Invasor, Diários de Motocicleta, O Ano em que meus Pais Saíram de Férias, O Passado, Chega de Saudades, À Deriva, Serra Pelada, Faroeste Caboclo, e mais recentemente o premiado Que Horas Ela Volta?. Além de mais de uma centena de outros títulos nacionais.

O designer enfatiza que para muitas pessoas, o cartaz é a primeira imagem que uma pessoa tem em mente quando pensa em um filme. Em seu livro Cartazes , busca responder a algumas perguntas: por que, afinal, os cartazes de cinema são tão simbólico para um filme? Como resumir uma obra cinematográfica, tão repleta de cenas e emoções, em uma única imagem? Folhear as 250 páginas e passear pelas criações dele é um verdadeiro deleite para quem gosta da sétima arte. Em especial, para quem adora cinema brasileiro.

O cinema nacional é repleto de boas histórias e bons cartazes nacionais, alguns feitos por Marcelo Pallota. Qual o seu filme nacional favorito? Qual cartaz mais chamou a sua atenção e despertou o interesse para assistir o filme?